top of page

A Culpa - Por Louise Hay



Culpa


A culpa nunca fez ninguém se sentir melhor ou serviu para modificar uma situação.

Pare de sentir-se culpado. Permita-se sair da prisão.


Perdoe-se por qualquer erro que você possa ter cometido.


Um número grande demais de pessoas vive sob um pesado manto de culpa. Quem carrega culpa acha que está sempre errado, é incapaz de agir corretamente e vive se desculpando. Quem não se perdoa por algo que fez no passado acaba manipulando os outros da forma como manipulado por seus sentimentos de auto-acusação. A culpa nada resolve. Se você, de fato, cometeu um erro do qual se arrepende, pare de se culpar se agora mesmo! Se for possível fazer as pazes com a pessoa que talvez tenha prejudicado, procure-a. Senão simplesmente disponha-se a não repetir mais ação. A culpa procura castigo e o castigo cria dor. Perdoe a si mesmo e aos outros. Saia da prisão à qual você mesmo se condenou.


Do livro: Pensamentos do Coração – Meditações para despertar a sabedoria interior – Louise Hay

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page